fbpx

Conceitos chave para entender a relação entre indivíduo e sociedade – PAS 1

Olá, futuros calouros! Hoje eu vou falar um pouco sobre o subtema mais recorrente no PAS 1 de 2019 e dos últimos cinco anos: a relação entre indivíduo e sociedade. Como um influencia o outro? É uma relação unilateral? Onde essa relação se torna visível? Essa discussão é um ponto de partida para entender a Sociologia, então tem que estar muito bem elucidado na sua mente. Vou trazer também algumas questões da última prova (2019) que foram sobre isso.

O ser humano é um ser social. Nós constituímos a nossa identidade porque fomos ensinados, durante o processo de socialização, como devemos nos comportar, internalizando desde muito cedo padrões morais, estéticos e religiosos que aprendemos em sociedade. Além disso, também são frutos desse processo as relações de formalidade e informalidade, hierarquias sociais, formas de agir… Tudo isso diz respeito a quem somos, mas principalmente à cultura na qual nascemos e àquilo que nos foi ensinado. Entendemos, assim, que a identidade constrói-se na relação entre o eu e o outro. O ser humano precisa das relações interpessoais para constituir-se como indivíduo, e desta forma a identidade e a alteridade (nossa relação com os outros, como os vemos, como nos constituímos a partir deles ou das nossas diferenciações com eles) se constitui.

Nada disso ocorre de forma unilateral: conforme vamos crescendo, nós perpetuamos e transmitimos saberes, normas e regras da nossa cultura adiante. Também é importante lembrar que a socialização não é totalizante, portanto os indivíduos possuem responsabilidade e discernimento sobre suas condutas individuais, podendo discordar com aquilo que foi ensinado. Apesar disso, as instituições sociais e os grupos sociais com os quais temos contato durante a socialização direcionam nossas atitudes, crenças, e mobilizam determinados afetos em direção a determinados objetos, o que nos torna suscetíveis a determinados ímpetos, crenças e reações e comportamentos.

Segundo Oliveira (2012), as instituições sociais servem de “instrumento de regulação e controle das relações e das atividades dos membros da sociedade”. Alguns exemplos são “o Estado, a escola, a família, a religião, o trabalho remunerado, a propriedade privada, etc”. Elas são interdependentes entre si, segundo Berger e Berger (1977), são externas aos indivíduos e possuem uma historicidade própria, ou seja, existiam antes das pessoas nascerem e continuarão existindo depois que morrerem. 

“Apesar de dependerem um do outro, grupo social e instituição social são duas realidades distintas. Os grupos sociais são conjuntos de indivíduos com objetivos comuns, envolvidos num processo de interação mais ou menos contínuo. Já as instituições sociais se baseiam em regras e procedimentos que se aplicam a diversos grupos” (OLIVEIRA, 2012, p. 216-217).

Agora vamos tentar entender como esse tema pode se aplicar à prova do PAS. Vou explicar isso a partir das três questões seguintes:

 

PAS 1 2019

 

  1. A identidade constrói-se na relação entre o eu e o outro: no texto de Eurípedes, a identidade grega é forjada no contraste com os troianos.

 

Essa questão está correta. De fato, a identidade constrói-se na relação entre o eu e o outro. Em “Ifigênia e Áulis”, a identidade grega contrasta com a troiana, e isso é perceptível em situações de conflitos: a construção do inimigo passa por aquilo que “nós não somos”, e o que nós somos “os inimigos não são”. Assim, mesmo que de formas antagônicas, as identidades gregas são construídas em relação àquilo que “os troianos não são”. Podemos pensar nisso em outros contextos, como o da guerra fria, por exemplo. Os países capitalistas e suas instituições sociais propagavam valores que estavam alinhados à derrocada dos países socialistas e seus valores, e vice-versa. O que um era, o outro jamais gostaria de ser.

 

30 Saramago propõe que se debata o sistema democrático e se adote uma atitude crítica, de estranhamento, de sua real condição.

 

A questão está correta. Neste item inspirado no texto “Este mundo da injustiça globalizada” Saramago reafirma a necessidade de questionar e debater sobre o sistema democrático para que seus valores sejam preservados. Aqui podemos ver um exemplo da relação entre indivíduo e sociedade porque torna-se claro que a democracia não é um sistema dado e auto sustentável: é necessária a participação ativa dos cidadãos e cidadãs para que este continue existindo. O PAS traz muitas questões relacionadas aos direitos e deveres dos cidadãos, à políticas públicas e desigualdades sociais, e essa é uma ótima forma de entender a relação cíclica e interdependente entre indivíduos e sociedade.

 

PAS 1 2018

 

39 No trecho em questão, Agamêmnon encontra-se desejoso de ter o anonimato do Velho — que nem nome próprio tem na tragédia de Eurípides —, posicionamento que não faz sentido, uma vez que, independentemente do contexto cultural, a busca pelo poder e pelo consequente reconhecimento social faz parte do comportamento humano.

 

A questão está errada. O contexto cultural direciona nossa construção de identidade e está profundamente relacionado com nossas metas, aspirações pessoais e com aquilo que achamos ser importante ou não durante nossas vidas. A questão afirma que “independentemente do contexto cultural, a busca pelo poder e pelo consequente reconhecimento social faz parte do comportamento humano”. Essa é uma generalização perigosa, porque a antropologia já afirmou que não existem características tipicamente humanas, que perpassam todas as culturas. Cada contexto cultural aponta para traços de personalidade distintos. 

 

Bons estudos e nos vemos pelos corredores da UnB.

Quer ficar por dentro de todas as novidades sobre o PAS UnB? Siga o nosso instagram: @tudosobreopasunb

 

REFERÊNCIA

BERGER, Peter L.; BERGER, Brigitte. O que é uma instituição social. Sociologia e sociedade, p. 193-199, 1977.

OLIVEIRA, Pérsio Santos de. Introdução à sociologia. rev. e atual. São Paulo: Editora Ática, 2012.

Related Articles

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *